domingo, 30 de setembro de 2012

Amar demais...


Amar demais... Possível, Impossível, Necessário.

Amar demais não é possível , porque demais é sobra,é tanto que passa, extrapola, e amar é sempre necessário, e por mais que seja o tanto, jamais passará da medida, porque medida não há. Amar demais só é e será possível quando por força de expressão e hiperbolicamente usarmos o demais para expressar o quanto, o muito, o máximo, mais que as nossas limitações nas medidas do amor que temos, damos, sentimos e recebemos .

Amar demais é amar além do merecer, é amor que se dá antes de receber, amor que se dá sem medir, sem fazer contas, sem esperar nada em troca que seja proporcional ao que se deu.

Amar demais é acreditar que errar é humano e a restauração será sempre possível quando se a quer e a busca.

Amar demais é amor que não se explica, que muitas vezes foge á compreensão limitada dos humanos. Amar demais é estar disposto a sentir dor e sentir; a dor da falta, da saudade, da vontade de ajudar, da ajuda que se dá dando quase tudo de si... É estar disposto a também sentir a dor do outro. Amar demais é agir e reagir diante da carência e com paciência suportar, ser suporte e fazer-se forte para o outro ajudar.

Amar demais é necessário porque esse é o amor que recebemos. Foi com o amor que extrapola todas as medidas de tamanho, quantidade e intensidade que Deus nos amou entregando seu único filho para morrer por nós. Foi com esse amor que Jesus, o filho de Deus foi para a cruz e lá permaneceu até a morte. É esse o amor que nos serve de padrão e modelo; e é esse amor que ele exige de nós, mesmo que seja muito, o máximo, demais.  

Amar demais é amar ainda mais sem nunca achar que é demais porque demais jamais será.
Wanderley t f 11/06/2009

Como o Pai me amou, também eu vos amei. João 15:9
Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei, que também vos ameis uns aos outros. João 13:34

2 comentários:

Maa.íra disse...

Que lindo!É muito importante que as pessoas saibam mesmo que amor nunca é muito, porque Deus é amor, e nunca é exagero ter mais de Deus!

"Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também sua geração."

Se estamos em Deus e Deus é amor, logo amor nunca é exagero quando ser está em todo o amor existente. =D

Beijos, que o Senhor o abençoe.

Gedeane Paiva disse...

Lindo demais...desnecessário falar!!!