sábado, 30 de janeiro de 2010

100% + ou – (Cem por cento mais ou menos.)

Durante algum tempo de minha vida, essa foi a resposta que dei a cada vez que alguém me perguntava como eu estava. Um dia veio como um clic uma reflexão sobre algo muito lógico. 100% mais ou menos é mais ou menos 50% positivo e 50% negativo. É ta bom mas ta ruim, é achar bom mas não gostar, é ta feliz mas ta triste, é ter e não ter, é ser e não ser, é ir e ficar, é querer e rejeitar, é ta dentro e ta fora, é saber e não saber, é viver e não viver... viver e não viver? Sim; viver mais ou menos. Então eu comecei a pensar, não apenas em mim, mas em quantos estavam em situação pior que eu. E por que eu tinha que definir a minha situação como 100% mais ou menos? Precisei reavaliar algumas coisas e cheguei a algumas conclusões.
Diante da situação em que muitos vivem, não poderia eu considerar a minha situação como 100% mais ou menos. E a primeira coisa que veio a mente foi ingratidão. Tenho enormes motivos pra ser grato, sou, e sempre fui. Ser saudável, livre, ter família e amigos e a cima de tudo Deus; com tudo isso, não poderia mesmo permanecer achando que eu estava 100% + ou –. Depois disso comecei a responder de forma diferente, pois mesmo que algumas coisas não estivessem como gostaria, muitos jamais chegariam nem mesmo onde estou, ter o que tenho, chegar onde cheguei, ir onde fui, fazer o que fiz.... Pode ser que aqui na terra agente jamais chegue a 100% em tudo, mas 50% é muito pouco para quem tem tanto o que fazer, conquistar, curtir, viver. Estar vivo é ter possibilidades, negativas e positivas, mas serão sempre mais positivas pra quem busca e acredita nelas. Então, 100% mais ou menos nunca mais; e mesmo que seja uma situação dramática de estar entre a vida e a morte, que isso não dure por muito tempo. Analisar os níveis de nossa vida certamente nos ajudará a fugir de uma vida 100% + ou –, medíocre, mais ou menos... sem muita graça. Acomodar-se no 100% mais ou menos é desprezar as boas possibilidades que a vida nos trás.
Fortaleza-CE 29/01/10 Wanderley tf

7 comentários:

Ju disse...

Texto esplendido. Que bom Wan, fico feliz por saber que você descobriu que estar mais ou menos na verdade não é estar, espero que depois desse texto você não venha me dizer que está "na mesma" quando eu perguntar. rsrs
Beijinhos querido.

Thuane disse...

E agora Wanderlei, depois dessa reflexão...
Como vc está? kkkk
A vida nem sempre nos dá motivos de alegria, mas cada obstáculo, cada dificuldade, serve aprendizado, de conhecimento...
Então se pararmos pra pensar igual vc fez, se olharmos por outro ângulo, poderemos tirar proveito, poderemos ver o lado bom mesmo nas piores dificuldades...
As vezes não enchergamos, pq muitas vezes olhamos mais o superficial, dizemos coisas rápidas e rotineiras, nos acostumamos a falar tal coisa sempre e esquecemos de parar e interpretá - la... Mas se pararmos e observarmos bem, veremos q a vida pode ser mais positiva do q imaginamos,e q nem mesmo negativo pode ser tão negativo assim...
POis negativo com negativo, nunca subtrai ;)
Enfim, é isso aí Wanderley, devemos chegar ao produto e acabar com a incerteza do mais ou menos...
Pq a vida pode ser 100% positiva...
Só depende do resultado q acreditamos, e são esses resultados q dimensionam a felicidade...
Adorei a sua reflexão... Parabéns!

Fernando disse...

Muito bom o texto mesmo gostei.
vou passar a ler seu blog diariamente.

Joyce Clabonde disse...

Oi meu querido amigo gostei muito do seu texto pode ter certeza vou estar passando diariamente por aqui

zeenelopes@gmail.com disse...

- O SER HUMANO RECLAMA DE TUDO,NUNCA ESTÁ CONTENTE, TA SEMPRE QUERENDO MAIS, DIFICIL É
AQUELE QUE AGRADESSE PELA VIDA QUE TEM.
-GOSTEI DO SEU TEXTO.

Rê Parente_ disse...

Se acomodar leva a gente a ter dois trabalhos... se acomodar e ter todo um trabalho para "desacomodar" =/. Comparar a nossa vida com outras vidas ameniza um pouco... ameniza, mas não resolve o nosso problema, tenho aprendido. Porém, ter um coração grato é o mínimo que podemos fazer porque realmente existem pessoas em situações piores e sorrindo bem mais que a gente! A insatisfação pessoal pode andar junto com a gratidão sim! Sabe como? Quando a gente se acomoda, tem um tempo que tudo fica monótono, então percebemos como estamos insatisfeitos, então lutamos para sair dessa situação... Insatisfação pode gerar crescimento em várias áreas... E no processo podemos ter um coração grato pelo que conseguimos até aquele ponto! Ser saudável, ser quem somos, ter o que temos, fazer parte de uma família, ter gente que gosta da gente... tanta coisa, né? DEUS é muito bom! E aos poucos, o resultado da minha vida vai fazendo jus ao que acabei de falar! Em primeiro lugar, o Senhor... depois as outras coisas, tenho aprendido. PAZ!


"Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhes serão acrescentadas" (Mateus 6:33)

Jucy* disse...

Muiito bacana seuu textoo...=)
Não estoou 100% mais ou menos, coomo te disse hoje... hehe...Mas Estou então, mais pra menos...hehe...=/
Td vaii melhorar euu seii...E vc tem dado uma grandee ajuda... Amo vc, pq minha intimidade permite q eu diga isso a vc...*=)
Jucy*